• Conselheiro Sexual

Quer investir numa relação? Invista no seu Capital Erótico!

Quando você combina beleza, sex appeal e habilidades sociais (atributos que nos tornam companhias agradáveis), você está movimentando ele. Quando você investe tempo, energia e dinheiro na sua apresentação pessoal (imagem + conteúdo) você está aplicando nele. Quando você usa atributos exclusivamente sexuais / sensuais para conseguir o que quer (status, fama, poder) você está ostentando ele. Mas você sabe o que é de fato o Capital Erótico (CE) e quais suas implicações para nosso futuro?


Somado ao capital humano (qualificação, instrução e experiência) e ao capital social (quem conhecemos) o Capital Erótico é importante para entender a ascensão social e os relacionamentos sexuais. Proposto pela socióloga Catherine HAKIN (2011), em sua obra de mesmo nome e observado em diversas pesquisas como as da sexóloga Shere Hite, o Capital Erótico é mais uma das categorias de análise social, tais quais as sugeridas pelo sociólogo Pierre Bourdieu (capitais: econômico, cultural, social e simbólico).


A maneira mais fácil de identificá-lo e compreendê-lo é através dos exemplos comuns que nos cercam diariamente. Vários consultores-mentores nos lembram que nunca temos uma segunda chance de causar uma boa primeira impressão. Esta noção de primeira boa impressão sustenta a ideia de que pessoas atraentes cativam e são mais bem sucedidas na vida pessoal, na política, nas artes e na vida profissional.

Economia Sexual na prática


O atrativo-padrão de beleza em cada cultura gera uma sensação parecida a de que a escassez confere valor a qualquer produto, talento ou aptidão, seja o encanto, a persuasão, o conhecimento técnico, a capacidade de pilotar um avião ou de correr mais rápido. Com isso acabamos criando uma economia sexual nas relações pessoais ou uma Sexonomia (termo cunhado por Catherine).


Existem algumas situações facilmente perceptíveis em nossa história recente que revelam a ascensão de pessoas através do Capital Erótico, servindo de exemplo para explorar conscientemente, tais como:


- A publicidade usa o sex appeal feminino para vender qualquer coisa. O valor do capital erótico das mulheres subiu, o dos homens começa a surgir nas propagandas para este público;

- Pessoas física e socialmente atraentes têm uma vantagem que pode beneficiá-las em todos os aspectos da vida e em todas as profissões.

- A sexualidade está permeando cada vez mais a literatura, a cultura popular e a propaganda, além de estimular uma expansão maciça dos entretenimentos sexuais de todos os tipos.


Elementos do Capital Erótico


No ocidente os elementos do Capital Erótico são facilmente identificados, tais como: Beleza (principalmente rosto); Atratividade sexual (principalmente corpo, boa forma); postura, cores e modelos favoráveis, tudo o que pode contribuir para uma nova aparência e para projeção do sucesso almejado.

Também as habilidades + apresentação social, estão presentes em todas as sociedades e são interpretados como: graça, charme, interação, habilidade de conquistar pessoas, de deixá-las a vontade e de despertar desejo.


O sexo também aparece como elemento primordial do Capital Erótico através da competência sexual, energia, imaginação erótica, diversão e tudo o mais que compõe uma parceria sexualmente satisfatória.


Algumas pessoas investem também no Capital Erótico através de elementos materiais que as tornam a “alma da festa”, como: adornos, jóias, acessórios para anunciar ao mundo seu status social, estilo e posição hierárquica (fardas, trajes formais).


Dinheiro pode comprar Capital Erótico?


Que tal investir um pouco no seu Capital Erótico agora e resgatar no futuro?

Se a escassez de qualquer bem gera valor, social e econômico, então a resposta é sim. Sim, dinheiro pode comprar Capital Erótico e você pode investir em seu Capital Erótico ao longo da vida. Todos têm seu valor, não importa o que façam ou onde vivam. Hoje, muitas pessoas pensam que somente qualificações proporcionarão sua autoconfiança e sucesso. Contudo, reconhecer o valor da aparência pode ter o mesmo efeito. Além disso, muitas vezes é mais barato investir na aparência do que investir somente em formação. Um bom corte de cabelo custa menos do que ter um diploma e gera resultados a curto prazo.


As agências de empregos explicitamente encorajam os candidatos a se “produzirem” melhor para entrevistas e apresentações formais, sinal este de que a imagem (embalagem, capa) também é essencial para as tomadas de decisão de quem contrata, com quem se relacionar, com quem viver, fazer sexo e até se apaixonar. Aqui você pode tirar conclusões precipitadas, mas, se a primeira impressão é a que fica, como devemos ficar impressos na memória dos outros? Resposta: como tudo aquilo que temos de melhor. O Capital Erótico então não é apenas uma opção para analisar a sociedade, mas possivelmente está se tornando a primeira e nos acionará em algum momento.


Que tal investir um pouco no seu Capital Erótico agora e resgatar no futuro?


(Continua...)


TERAPEUTA MARCOS SANTOS

Graduado em Psicologia com ênfase em psicanálise. Formação em Sexologia. Especialista em educação e sexualidade humana. Palestrante e terapeuta sexual. Autor no Portal SEXOSEMDÚVIDA 

100 visualizações

Siga Sexualidado do Casal:

  • sexualidadedocasal
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter

©2019 por Sexualidado do Casal | Psicoterapeuta Bruna Soarez | Brasil